Radiofrequência

 

 

 

Aparelho: Spectra G2 (Tonederm)

 

A radiofrequência é uma tecnologia que gera ondas eletromagnéticas que produzem calor, agindo diretamente sobre a pele para estimular a produção de colágeno e, desta forma, evitar a flacidez tecidual.

 

 

 

 

As ondas de radiofrequência, atuam sobre o colágeno e a elastina (fibras do tecido epitelial), fazendo com que se contraiam e a pele estique, diminuindo marcas de expressão e flacidez. O Spectra G2 é a nova geração de estética avançada que utiliza a radiofrequência multipolar e hexapolar – tida como melhor tratamento contra a flacidez – no tratamento facial e corporal, além de auxiliar a prevenção e tratamentos para a redução da celulite, aderências e fibroses e cicatrizes, de forma segura e sem dor. O equipamento de radiofrequência produz ondas eletromagnéticas que atuam profundamente fazendo aquecer os tecidos de sustentação da pele localizados na derme, enquanto a superfície se mantém resfriada e protegida, estimulando a geração de novas células de colágeno e elastina. Proporciona também o aumento da circulação sanguínea – sendo também um poderoso vasodilatador – e o aumento da atividade metabólica e enzimática, atuando diretamente no combate a flacidez tecidual. O número de seções varia de acordo com a região do corpo e a indicação técnica de profissional habilitado, sendo indicado a supervisão médica.

 

Indicação:

  • Flacidez cutânea facial e corporal
  • Envelhecimento cutâneo e linhas de expressão
  • Celulite
  • Adiposidade localizada
  • Cicatrizes de acne e acne ativa
  • Fibroses e aderências
  • Estrias
  • Olheiras
  • Pré e pós-operatório tardio
  • Regeneração de tecidos moles (nos estágios de proliferação e remodelamento)

 

 

 

Onde vai agir?

A ação térmica da radiofrequência aumenta a produção de colágeno nas camadas mais profundas da pele, o que provoca o estiramento imediato do tecido cutâneo, reduzindo os sinais do envelhecimento e produzindo um novo colágeno.

 

 

 

Contra indicações:

  • Endopróteses ou implantes metálicos no local de aplicação;
  • Alteração de sensibilidade local;
  • Precaução em locais onde existam implantes de PMMA (poli-metil-metacrilato);
  • Peles sensíveis com couperose e telangiectasias;
  • Portadores de marca-passo cardíaco;
  • Neoplasias;
  • Processos infecciosos;
  • Processos inflamatórios agudos;
  • Gestação;
  • Tecido isquêmico;
  • Trombose venosa profunda recente;
  • Condições hemorrágicas ou probabilidade de esta ocorrer;

 

 

Ficou interessado? Agende uma avaliação. Fale conosco, ligação ou whatsApp: (18) 99751-2538

Share