Hospital de Cirurgia Plástica
(18) 99629-4826 (18) 3323-5600
6 de julho de 2021

Blefaroplastia remove sobra de pele da área dos olhos?

Muito procurada por quem tem mais de 30 anos, a blefaroplastia é a cirurgia plástica que remove o excesso de pele caída na parte inferior e posterior das pálpebras!

O efeito rejuvenescedor acontece porque este procedimento elimina bolsas de gordura, rugas e flacidez na região ao redor dos olhos.

 

Simples e minuciosa: para que serve esta cirurgia?

A pele descaída (em declínio) é tratada nesta cirurgia: superior ou inferior.

No caso da pálpebra superior, quando essa queda acontece por causa dos músculos, o paciente foi acometido por uma condição que se denomina ptose; também tratada com a blefaroplastia.

Na blefaroplastia o médico dá atenção às causas que levam àquela condição estética, por isso, apesar de parecer simples, a indicação desta cirurgia só é feita sob uma avaliação clínica completa.

Por isso a necessidade de buscar cirurgiões experientes, não só porque é a técnica demanda muito conhecimento sobre o funcionamento das expressões, mas especialmente daquele rosto (cada paciente) e as ações do tempo sobre ele.

Sempre: o processo inteiro (completo) é importante para que o paciente entenda a decisão passo a passo e tenha uma expectativa realista quanto ao resultado, geralmente muito satisfatório.

 

A blefaroplastia não deve afetar as pálpebras ou interferir em seu funcionamento!

Se você está lendo este texto porque pensa em fazer esta cirurgia, a decisão fundamental a ser tomada deve passar pela consulta à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a SBPC.  Você pode verificar o nome do cirurgião escolhido aqui: https://www2.cirurgiaplastica.org.br/encontre-um-cirurgiao/

O médico consegue reforçar os procedimentos, cuidados e etapas que serão vividas, junto com o paciente, dentro do consultório.

Aliás, esse é o caminho de construção da decisão do paciente sobre submeter-se à cirurgia plástica.

Nada, nenhum incômodo, visível ou sutil, pode ser ignorado neste processo. Todas as dúvidas devem ser tiradas e, acredite: cada informação pode influenciar positivamente o resultado que o cirurgião pode obter e o paciente deseja.

 

Outro problema tratado em uma blefaroplastia são aquelas pequenas bolsas de colesterol, chamadas de xantelasmas. Elas aparecem também nas pálpebras, podem ser disformes e atrapalhar severamente o movimento ‘abre e fecha’ dos olhos.

Portanto, a blefaroplastia é (também) o procedimento cirúrgico que cria um olhar mais profundo ou  a impressão de mudança no formato dos olhos orientais. A cirurgia que constrói o sulco da pálpebra superior, portanto.

 

Em um local tão delicado, como ficam as cicatrizes?

A técnica para a cirurgia plástica da blefaroplastia é igualmente delicada e as cicatrizes ficam na linha logo abaixo dos cílios, na pálpebra inferior, ou no sulco das pálpebras superiores.

É comum ouvir relatos de pacientes que consideram a blefaroplastia uma cirurgia indolor. A sensação mais relatada costuma ser ardência, porque as incisões são tão delicadas, que o controle de uma possível dor é administrado tranquilamente por medicamentos, na maioria dos casos.

Outra característica da blefaroplastia é ser uma cirurgia rápida, em média 1 hora, com pouco tempo de internação pós-procedimento, até 6 horas.

Cada paciente e cada cirurgia tem sua própria dinâmica, mas é rápida, quando comparamos com outros procedimentos cirúrgicos no rosto, por exemplo.

Os pontos são extremamente discretos, internos, mas são retirados, a fim de evitar a possibilidade de inflamação.

 

‘Olhos arroxeados’ por quanto tempo?

Também é comum falar da blefaroplastia como o procedimento que deixa o olho roxo no pós-cirúrgico. Esta reação é chamada de equimose.

Tanto quanto o inchaço, essas são respostas comuns nos primeiros dias logo após a cirurgia e variam de paciente para paciente. O médico acompanha o processo e todas as instruções de cuidados em casa são dadas pela equipe e o cirurgião plástico.

Outra peculiaridade é não se utilizar curativos oclusivos, então as compressas frias podem ser o recurso para evitar inchaços muito agudos. E costumam ter efeitos, sendo feitos corretamente, conforme a orientação médica.

Também é esperado que o inchaço não deixe os olhos se fecharem por completo nos primeiros dias. Conforme ele vai diminuindo, os olhos fecham-se completamente.

 

Dr. Edélcio S. Shimabucoro
CRM-SP 79 890 | RQE 55563


Contato, agende sua consulta!

📱 (18) 99629-4826
  (18) 3323-5600

Deixe um comentário
Você também pode gostar
Dicas para Cuidar da Pele no Inverno
+
Dicas para Cuidar da Pele no Inverno

Cuidar da pele no inverno pode parecer mais difícil e trabalhoso do que nos meses mais quentes do ano. Entre o outono e o inverno a tendência é que a pele ...

29 de junho de 2021
Redução das Mamas Masculinas
+
Redução das Mamas Masculinas

O processo de redução das mamas masculinas é mais comum do que imaginamos. Afinal, devemos considerar os diversos tipos de fatores que podem levar ao crescimento ...

27 de outubro de 2021
Uso de máscara causa orelhas de abano?
+
Uso de máscara causa orelhas de abano?

A necessidade do uso de máscaras para se proteger do novo coronavírus, trouxe dúvida se elas poderiam causar a orelha de abano.   Saiba um pouco mais ...

9 de março de 2021