Hospital de Cirurgia Plástica
(18) 99629-4826 (18) 3323-5600
24 de junho de 2017

Conheça os exames necessários para um bom acompanhamento das suas próteses de silicone

As próteses de silicone evoluíram muito na última década, garantindo ainda mais segurança e qualidade no resultado das cirurgias.

Os implantes mais modernos já não têm mais um “prazo de validade” pré-determinado (antigamente era recomendado a troca das próteses após dez anos). Os implantes atuais são projetados para oferecer uma longa durabilidade e embora não seja obrigatório a substituição do implante após dez anos não significa que não necessitem de um monitoramento. O acompanhamento médico especializado é muito importante.

Para saber o momento certo da troca e acompanhar o status das próteses de silicone, os especialistas indicam a realização de alguns exames.

Através deles é possível monitorar as próteses, bem como quaisquer anomalias que possam ter surgido na região. Saiba mais a seguir:

Ultrassonografia:

sugere-se realizar anualmente. A ultrassonografia tem como objetivo identificar se há algum tipo de alteração nas próteses além de ser capaz de detectar alguns tipos de anomalias de suas mamas.

Mamografia:

voltado para o acompanhamento da saúde mamária da paciente, ele permite detectar nódulos, contraturas capsulares e algumas outras anormalidades que o exame de ultrasson não é capaz. A mamografia complementa a ultrassonografia (um exame não substitui o outro).

Ressonância magnética:

totalmente indolor, é considerado o mais moderno e o mais perfeito exame de diagnóstico por imagem para as mamas e próteses, fornecendo imagens em alta definição através da utilização de um campo magnético. Ela consegue detectar anomalias que os exames anteriores não conseguiam, além de fornecer imagens mais detalhadas do que as que se consegue com outros métodos de exame. O médico especialista orientará o momento certo de solicitar esse exame.

Vale reforçar que estes exames já fazem parte da rotina de cuidados com a saúde de toda mulher, independentemente dela possuir ou não implantes de silicone.

As próteses não representam nenhum risco significativo em relação à ocorrência de um possível câncer de mama e pesquisas indicam que a nova imagem resgata a autoestima, estimulando uma rotina mais assídua de cuidados pessoais ajudando na prevenção e combate de doenças.

Mas lembre-se, é fundamental consultar um cirurgião plástico que seja membro especialista da SBCP – Sociedade Brasileira da Cirurgia Plástica. Isso lhe garante que estará sendo tratada por um especialista no assunto. Dessa forma, a paciente estará mais segura de suas escolhas reduzindo a incidência de eventuais problemas.

Deixe um comentário
Você também pode gostar
Outubro Rosa: Aprenda a fazer o autoexame
+
Outubro Rosa: Aprenda a fazer o autoexame

O câncer de mama é um dos mais frequentes no Brasil, e o diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso do tratamento. Por isso é importante que as ...

6 de outubro de 2020
Como se livrar do queixo duplo?
+
Como se livrar do queixo duplo?

Saiba que existem tratamentos estéticos capazes de resolver esse problema.     Com produtos para a pele Em casos mais leves de papada, é possível ...

5 de agosto de 2020
Ritidoplastia, a cirurgia para rejuvenescer o rosto!
+
Ritidoplastia, a cirurgia para rejuvenescer o rosto!

O tempo provoca mudanças significativas em nossa pele, como perda da elasticidade, de volume das estruturas faciais. O sol está no topo dos principais fatores ...

1 de setembro de 2020