Hospital de Cirurgia Plástica
(18) 99629-4826 (18) 3323-5600
11 de janeiro de 2016

Mamoplastia de Elevação

A insatisfação com o tamanho dos seios faz parte do dia a dia de muitas mulheres e por isso que alguns métodos cirúrgicos como a Mamoplastia de Elevação se tornaram foco nos últimos anos pela promoção do aumento do seios de maneira saudável. Essas cirurgias tem como característica não só o aumento em si da região mamária, mas também permitem melhorar toda a sua autoconfiança e a autoestima das mulheres que buscam pelo método.

A Mamoplastia de Elevação pode ser descrita como um método cirúrgico e que permite as mulheres fazê-lo para aumentar a sua região mamária. Esse método consiste na aplicação de uma prótese de silicone que poderá ter o tamanho mais coerente com a estrutura da paciente e seguindo seu desejo. A Mamoplastia de Elevação também pode ser realizada em casos distintos como ocorre na reconstrução da mama após sofrer lesões ou mastectomia.

Como funciona a Mamoplastia de Elevação

A Mamoplastia de Elevação funciona a partir da escolha do implante que a pessoa deseja colocar na região mamária, sendo que essa escolha consiste na determinação do tamanho e também qual o modelo mais apropriado. O fato da mulher ter escolhido um tamanho específico não garante que o seu implante será com a prótese que escolheu, pois durante o processo cabe ao cirurgião determinar se a região tem estrutura para receber aquela prótese.

Depois de escolher e determinar a prótese que será implantada passa a ser necessário identificar qual a opção mais coerente de incisão para adquirir o resultado desejado. Existem basicamente três tipos de incisão, que podem ser escolhidos com base em uma conversa que acontece entre o cirurgião e o seu paciente. O processo de incisão poderá ser inframamária, transaxilar ou peri areolar, sendo que cabe ao cirurgião determinar qual mais coerente.

A inframamária é o método de aplicação da prótese abaixo da mama, feito na prega inframamária que um dos métodos mais utilizados. A trans axilar é realizado a partir da região axilar e realiza-se túneis de dissecção para toda a região medial, preparando espaço para colocação dos implantes. Já para a peri areolar ocorre a colocação dos implantes na borda inferior ou superior da aréola que permite deixar cicatrizes muito pequenas e imperceptíveis.

Além disso, é necessário escolher no processo de incisão qual seria o local a ser aplicado a prótese mamária. Existe a opção de aplicar a prótese sob o músculo peitoral e também a opção de colocar diretamente atrás de todo o tecido mamário, sobre o músculo peitoral. O interessante é que atualmente esse tipo de processo tem evoluído e pode ser aplicado sem maiores dores no pós cirúrgico como ocorria com facilidade nas cirurgias de antigamente.

A Recuperação da Mamoplastia de Elevação

Para a recuperação do método de Mamoplastia de Elevação é mais do que as pacientes tenham cuidado para não fazer esforço. Geralmente, parte da recuperação ocorre principalmente no período de pós-cirúrgico entre 24 a 48 horas. Logo depois ocorre que o médico passa algumas instruções para a paciente não realizar esforço, se manter longe de atividades físicas por um tempo e não levantar os braços por inteiro dentro de um prazo específico.

Deixe um comentário
Você também pode gostar
Posso fazer Abdominoplastia mais de uma vez?
+
Posso fazer Abdominoplastia mais de uma vez?

Quem não quer ter uma barriga bonita? Esse certamente é o sonho de várias mulheres e homens também, e para isso muitos recorrem à cirurgia de abdômen, ...

9 de abril de 2020
O anestesiologista na cirurgia plástica
+
O anestesiologista na cirurgia plástica

Entenda sua importância. Quando falamos sobre procedimentos cirúrgicos, é impossível não lembrarmos das anestesias. Nesse texto, vamos abordar um pouco mais ...

17 de abril de 2020
Mini Lifting Facial
+
Mini Lifting Facial

O tempo pode ser implacável com a pele do rosto. Além dos efeitos do sol, poluentes e a gravidade, alguns fatores como a queda das pálpebras podem afetar a ...

30 de outubro de 2020