Hospital de Cirurgia Plástica
(18) 99629-4826 (18) 3323-5600
27 de julho de 2020

Tipos de Cicatrizes que podem ser Corrigidas com Cirurgia Plástica

Conheça um pouco do processo de reparo de cicatrizes e saiba se a sua cicatriz pode receber esse tipo de procedimento.

 

O que é cicatriz?

Cicatriz é o processo natural de reparo da pele após uma lesão – seja um corte, um incisão cirúrgica, uma queimadura, uma escoriação, etc). Nesse processo, existe a formação de colágeno e o resultado depende de inúmeros fatores como etnia, sexo, idade, local do corpo, aparecimento de infecções e tensão da pele.

 

No entanto, precisamos avaliar algumas características do visual e também do histórico da cicatriz, para definirmos qual é a melhor solução para o caso.

 

As queloides, por exemplo, são cicatrizes que possuem crescimento constante com a produção exagerada de colágeno. Por isso ficam endurecidas e apresentam crescimento progressivo. Costumam ser firmes e avermelhadas, acompanhadas ou não de coceira.

 

Já as cicatrizes hipertróficas, apesar de também serem espessas, não costumam ultrapassar a margem da lesão. Sua aparência costuma melhorar após as fibras de colágenos se ordenarem, mas não diminuem a largura da marca.

 

Existem também as cicatrizes alargadas, que são semelhantes a estrias, possuem a pele fina e frouxa, podem estar abaixo no nível normal da pele e costumam ocorrer em áreas de maior tensão da pele. E as cicatrizes discrômicas, que possuem cor diferente da tonalidade da pele e não devem ser confundidas com as fases precoces da cicatrização, pois até um ano e meio, elas se apresentam mais escuras que a pele.

 

As possibilidades de tratamento são diversas: curativos compressivos, placas de silicone, produtos tópicos, massagens, cirurgias de reparo, injeções de corticoides, crio cirurgia e radioterapia usados individualmente ou associados, o melhor tratamento para cada caso é sempre avaliado junto ao cirurgião plástico, para que os resultados sejam efetivos e sem riscos de uma nova cicatriz inestética.

 

Cicatrização que tiveram alguma característica fora do padrão, como uma infecção, por exemplo, são as mais propensas a melhores resultados, pois no novo processo, será oferecida a oportunidade de um novo e melhor fechamento dessa lesão.

 

Independente do método escolhido pelo seu médico, é muito importante que o paciente tenha consciência das possibilidades de resultado da cirurgia plástica e tenha sua expectativa dentro do que é possível realizar na medicina atual. Sendo assim, uma avaliação, não considera apenas o procedimento em si, mas o paciente como um todo, incluindo o alinhamento dessas expectativas.

 

Dr. Edélcio S. Shimabucoro
CRM-SP 79 890 | RQE 55563

 

Contato, agende sua consulta!
📱 (18) 99629-4826
  (18) 3323-5600

Deixe um comentário
Você também pode gostar
Medidas de segurança implementadas pelo HFDG CIRURGIA PLÁSTICA para evitar a disseminação do COVID-19
+
Medidas de segurança implementadas pelo HFDG CIRURGIA PLÁSTICA para evitar a disseminação do COVID-19

1 – Sem filas – Pacientes agendados com horários espaçados! Como já sabemos, o Coronavírus (covid-19) é transmitido através de contato com pessoas ou ...

19 de março de 2020
Ter varizes aumenta o risco de trombose na cirurgia?
+
Ter varizes aumenta o risco de trombose na cirurgia?

Todo mundo sabe que a realização de qualquer cirurgia ou procedimento pode representar risco para a saúde. Por isso, é importante que o paciente esteja ciente ...

5 de maio de 2020
Por que alguns implantes de silicone ficam divergentes?
+
Por que alguns implantes de silicone ficam divergentes?

São muitas as mulheres que pensam em se submeter a uma cirurgia de aumento de mamas e se perguntam se tal intervenção pode também diminuir o espaço entre as ...

16 de março de 2020